101

“As relações humanas nunca funcionavam mesmo. Só as primeiras duas semanas tinham algum tchans; a partir daí, os parceiros perdiam o interesse. Caíam as máscaras e as verdadeiras pessoas começaram a aflorar: maníacas, imbecis, dementes, vingativas, sádicas, assassinas. A sociedade moderna tinha criado seres à sua imagem e semelhança e eles se festejavam mutuamente num duelo com a morte, dentro de uma cloaca. Eu já tinha notado que a duração máxima de uma história entre duas pessoas era de dois anos e meio. O rei Mongut do Sião tinha nove mil esposas e concubinas; o rei Salomão, do velho testamento, tinha 700 esposas; Augusto, o Forte, da Saxônia, tinha 365 mulheres, uma para cada dia do ano. Segurança em números.”

Excerto do livro “Mulheres”, de Charles Bukowski.

Mais:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − 3 =