O prazer é delas

Esse texto foi retirado de um blog chamado Digressões de um libertino nerd que, infelizmente, foi removido.

O texto abaixo estava no cache do Google e eu o copiei mantendo os créditos. Acho-o fantástico.

O prazer é delas
By Libertino Nerd

Quando você, homem, ver uma mulher reclamando aos sete mares que menstruar e mijar sentada é chato, que é melhor ter pinto, ou se você for numa mulher lembre-se disso:

1. A mulher tem quatro áreas erógenas principais (mamilos, clitóris, ponto G e ânus) o homem só duas (glande e ânus). Na verdade, pode-se dizer que o homem, em geral, possui só uma área, pois o prazer anal é um tabu imenso e é ligado pelas pessoas à homossexualidade. Isto é, são raros os homens exclusivamente heterossexuais que experimentam estimular essa região. Além disso, o prazer anal feminino também é um tabu;

2. A mulher tem um orgasmo muito mais intenso e mais longo que o do homem, fato cientificamente comprovado;

3. Boa parte das mulheres possui capacidade de continuar a estimulação após um ou mais orgasmos (pelo menos na vagina, no clitóris isso é mais raro). Esse privilégio faz com que as mulheres façam sexo buscando o orgasmo, enquanto que muitas vezes os homens fazem sexo tentando evitar o orgasmo, já que são raros os casos de homens que mantêm excitação e conseguem continuar em ritmo normal após um orgasmo e um homem que seja um mínimo descente na cama não goza/para antes de sua parceira atingir o clímax pelo menos uma vez;

4. As mulheres, pelo menos as sadias (o que não falta é mulher frígida e ruim de cama), têm o super privilégio de terem orgasmos múltiplos, aqueles onde o intervalo entre um e outro é tão pequeno que pode ser desprezado, isto é, outro orgasmo começa antes do anterior acabar.

Apesar dos homens serem comumente mais sedentos por sexo, pensarem mais no assunto, falarem mais, insinuarem mais, o prazer sexual é algo desproporcional em relação ao gênero. O prazer da mulher é muito maior. Vale lembrar que há uma grande quantidade de mulheres parcial ou totalmente frígidas ou que simplesmente não conseguem se entregar ao prazer sexual por motivos psicológicos e culturais, como foi dito no post anterior. Mas ainda há muitas mulheres do melhor tipo: com bastante libido, bem lubrificada por várias horas, que consegue continuar com estimulação após o orgasmo, que atinge orgasmos múltiplos. Além disso, ainda há mulheres com o excelente “item não-de-série” de ejaculação feminina (squirt).

Por que digo tudo isso? Para reclamar que sou homem? Não! Para ofender as pobres coitadas (ou não, lol) que não conseguem fazer essas coisas e preferem uma relação sexual rapidinha de 20 minutos a uma completa e bem trabalhada de 4 horas por terem areia na buceta? Não!

Digo tudo isso para você, homem que é ruim de cama! Se você vai comer a sua mulher com o objetivo principal de obter prazer para si, provavelmente você é um extremo lixo na cama. A função do homem no sexo (quando não para reprodução) é dar prazer à mulher, fazer ela se contorcer de prazer, gemer, gritar, até atingir aquele orgasmo maravilhoso onde mal consegue respirar, então chegando a uma sensação de êxtase e relaxamento. Então se você, homem, tiver objetivo de buscar o seu prazer no sexo, pelo menos faça com que o seu prazer seja observar o prazer de sua parceira.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + 20 =